Testemunho dos alunos – Rute Lynge

Bom, Eu sempre fui uma buscadora, e tudo começou com o Mahābhārata!


Assisti o filme legendado em português, seguindo referência através de uma escola de filosofia.
Eu nunca tinha ouvido falar a respeito dos Vedas, e este filme tocou tao fortemente meu coração e meu intelecto também.


Imaginem um épico a mais de 5.000 anos atrás, tratar da complexidade do ser humano em todos os seus aspectos, através de uma Guerra, que é a consciência humana.
Eu me senti em casa, enxerguei-me em todos os personagens e segui a procura de um professor de Vedānta, como foi recomendado pela tradição.


Na verdade, senti um alívio, uma sensação de não me sentir mais sozinha, mergulhada em minhas dúvidas e receios.
Conheci o Professor Paulo através de um Satsaṅga on-line com o Pr. Jonas, o qual fui aluna da turma Ganga. E logo depois iniciei os estudos, com Pr. Paulo, nas turmas regulares da Bhagavadgītā e Upanishads, já há quase 3 anos.
O Professor Paulo não somente segue a tradição, ele a vive e transmite os ensinamentos aos alunos, com muita devoção, dedicação, humildade, sabedoria, empatia e compaixão.

“Nós somos todos Um”

Para mim foi o “pulo do Gato”, quebrar o tabu da autoridade de um Deus punidor, aprendendo com isso a ter Śraddhā, a confiança e entrega. Sem Śraddhā, o entendimento não acontece. Mas o professor segue sempre segurando as mãos de cada aluno, no mergulho intenso, através dos ensinamentos na busca de si próprio, nessa montanha russa de emoções e sentimentos da nossa complexidade humana.


Eu agradeço a todos os mestres da tradição até meu Mestre Professor Paulo e também a todos que fizeram e fazem parte da minha vida, inclusive ao “Deus Punidor”, pois sem cada acontecimento, não estaria aqui, em paz como estou, tendo a coragem de seguir em frente a busca de Mokṣa.

Agradeço também a todos do Instituto, os quais contribuem para que o ensinamento seja acessível a todos.

A todos vocês, minha gratidão e meu sincero Namaskāra

Rute A R Lynge

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.